Fazenda


A Fazenda Lavrinha, adquirida em 1987 com 40 hectares, hoje possui 140 hectares. Compreende, além da RPPN Ave Lavrinha, o seu entorno: florestas de altitude, matas ciliares, encostas, cursos d' água e nascentes, que alimentam o Córrego da Lavrinha, assim como alguns pastos em regeneração. De infraestrutura, a fazenda conta com dois pequenos currais, cinco paiois, um moinho movido à água, roças de mandioca, milho e feijão, quintais agroflorestais e pomares com variadas espécies, um deles com cinquenta e cinco mudas selecionadas de quatro variedades de oliveiras adaptadas à região, assim como pequena criação de animais: coelhos (de 1989 a 2001), carneiros (de 2002 aos dias de hoje), e pequeno rebanho leiteiro da família vizinha. Esta pratica também a apicultura e a truticultura. Também a fazenda dispõe de cinco casas de hospedagem, uma delas usada como escola de arte, outra transformada na Casa do Tear Dona Mariana; áreas de lazer com piscina natural e sauna à lenha. Além das atividades de proteção e preservação relacionadas à Reserva, desenvolvem-se diversas atividades de manejo: a regeneração natural das antigas pastagens, a roçada seletiva dos atuais pastos, a criação do rebanho, as roças e quintais agroflorestais, os pomares, etc. Ainda é realizada, ao longo do ano, a manutenção de viveiros para a produção e plantio permanente de espécies nativas e frutíferas, a vedação e regeneração de áreas de preservação permanente, a horticultura orgânica demonstrativa e de subsistência, o plantio e manutenção dos jardins em volta das casas. São também desenvolvidas atividades educativas, culturais e comunitárias com grupos de jovens e adultos portadores de deficiência e com mulheres rurais do entorno.